Ads 468x60px

.

Featured Posts

sábado, 13 de janeiro de 2018

INCÊNDIO GRAVE FAZ OITO MORTOS

Um incêndio numa associação recreativa em Tondela matou, pelo menos,oito pessoas e fez cerca de 40 feridos. Há várias corporações de bombeiros a combater as chamas.
O fogo deflagrou, cerca das 21 horas da noite de sábado, na localidade de Vila Nova da Rainha, no concelho de Tondela. Uma salamandra, que garantia o aquecimento do edifício, explodiu e provocou um violento incêndio, causando a morte a cinco pessoas e ferindo mais 60.
As chamas só atingiram o imóvel da associação humanitária, cultural e recreativa, garantiu José António Jesus ao JN. O presidente da Câmara Municipal de Tondela, que se encontra no local do incêndio, explica que decorria um torneio de sueca nas instalações da associação. Aos participantes, juntaram-se, também, adeptos de futebol para assistir ao confronto entre Braga- Benfica.
"Foi um dispositivo de aquecimento, uma salamandra, que explodiu e fez dezenas de feridos. O incêndio afetou só mesmo o edifício da associação", explicou José António Jesus, admitindo que a evacuação do imóvel "não foi tão rápida quanto desejável".
O fogo foi dado como extinto pelas 21.50 horas.
Às 22.15 horas estavam no local 148 operacionais apoiados por 57 viaturas, de acordo com informações na página da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

(Notícia em atualização)

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

HOMEM MORRE SOTERRADO NUMA VALA

Um homem de 47 anos morreu, esta quarta-feira, num deslizamento de terras durante a construção de uma vala em Sapelos, Boticas (Vila Real). A vítima estava no interior da vala, a cerca de cinco metros de profundidade, quando ficou soterrada.
"O homem estava a abrir uma vala para explorar uma nascente de água. No momento em que a vítima terá descido para arranjar o tubo, a terra desabou", explicou o comandante dos bombeiros voluntários de Boticas, Carlos Gomes. O alerta foi dado pelos familiares do homem, por volta das 12.30 horas.
Os operacionais tiveram de remover a terra na zona envolvente com a ajuda de uma máquina giratória e de pás. "Infelizmente, a vítima foi retirada já sem vida", revelou.
As operações de socorro envolveram 17 operacionais, apoiados por seis viaturas, dos bombeiros de Boticas e da Guarda Nacional Republicana. A Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Chaves também esteve no local.

JN

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

HOMEM MORRE APÓS COLIDIR COM POSTE DE ILUMINAÇÃO

Uma pessoa morreu, esta sexta-feira, na sequência do despiste de uma viatura ligeira que ocorreu em Carapito, concelho de Aguiar da Beira, distrito da Guarda.
Segundo disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o despiste do veículo ocorreu pelas 14.57 horas, na localidade de Carapito.
Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Aguiar da Beira, António Ferreira, disse que o veículo, conduzido pela vítima mortal, um homem que "aparenta ter mais de 40 anos", entrou em despiste "numa reta e colidiu com um poste de iluminação pública".
"O médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Viseu decretou o óbito no local", referiu António Ferreira.
O comandante dos bombeiros de Aguiar da Beira disse que, quando o acidente ocorreu não chovia, ficando o apuramento das causas por conta da GNR.
Ao local acorreram 14 elementos e seis viaturas dos bombeiros de Aguiar da Beira, do INEM - Instituto Nacional de Emergência Médica e da GNR, indicou o CDOS da Guarda.

JN

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

HOMEM MORRE SOTERRADO

Um homem de 49 anos morreu, esta terça-feira, soterrado numa vala com cerca de cinco metros de profundidade, em Pepim, Castro Daire, distrito de Viseu.
De acordo com o oficial de relações públicas da GNR de Viseu, tenente-coronel António Dias, a vítima, proprietário do terreno onde ocorreu o acidente, andava com um amigo a abrir um poço.
"Já teriam encontrado água, o senhor entrou na vala e, como as terras deveriam estar menos consolidadas, acabou por morrer soterrado", explicou.
Nas operações de socorro estiveram os bombeiros voluntários de Castro Daire.
O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal de Viseu.
A vítima residia em Pepim.

JN

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

MULHER DETIDA EM FLAGRANTE DELITO EM LAMEGO

O Comando Territorial de Viseu, através do  Núcleo de Investigação Criminal de Lamego, hoje, dia 29 de novembro, deteve em flagrante delito uma mulher de 59 anos, por furto em interior de residência, naquela localidade.
Após a GNR ser informada de que estaria a decorrer um furto em interior residência, os militares surpreenderam a suspeita, estando esta na posse de diversos artigos, designadamente, um televisor LCD, vários quadros e diversas garrafas. A suspeita usou um machado para proceder ao arrombamento da porta da residência.
A detida foi constituída arguida e sujeita a termo de identidade e residência.
A ação contou com o apoio de militares dos Postos Territoriais de Lamego.